Perguntas frequentes

Descobre com no Laboratorios KIN a melhor forma de cuidar da sua boca

Se tiver perguntas relacionadas com higiene oral, no Laboratorios KIN tem as respostas. Consulte-as nesta seção. Além disso, pode encontrar informação interessante sobre outros aspetos de saúde oral no nosso blog.

Display None

Your content goes here. Edit or remove this text inline or in the module Content settings. You can also style every aspect of this content in the module Design settings and even apply custom CSS to this text in the module Advanced settings.

O que é a saúde oral?

A saúde oral é a ausência de doenças, dor e, de modo geral, de todo o tipo de distúrbios que afetam o bom estado de saúde e/ou a funcionalidade da cavidade oral, dos dentes e das gengivas.

O que é o biofilme dentário?

O biofilme dentário (placa bacteriana) é a acumulação de microrganismos rodeados por uma película de origem salivar e de restos alimentares que se adere às diferentes zonas da cavidade oral. A placa bacteriana é pouco ou nada visível, a menos que pigmente (alimentos, bactérias, tabaco…) ou mineralize (cálculo ou tártaro dentário). É o principal agente responsável pelas cáries dentárias e doenças periodontais.

Como podemos prevenir as doenças orais?

Os hábitos alimentares e de higiene desempenham um papel decisivo no desenvolvimento e na proteção dos dentes e gengivas. É possível reduzir as doenças e os problemas orais, se forem eliminados os fatores de risco comuns, como: a ausência de higiene oral adequada, o tabaco e o consumo de alimentos que não têm os nutrientes necessários.

Quais são as principais doenças orais?

Os problemas e doenças orais mais comuns são:

A cárie

A cárie dentária é uma doença multifatorial, caracterizada pela desmineralização da estrutura dentária, começando pelo esmalte e avançando até à dentina. Se não for tratada adequadamente, a sua evolução continua até afetar a polpa (nervo do dente), causando dores fortes, até chegar à destruição completa do dente.

A cárie pode ser prevenida mediante a utilização de colutórios e pastas de dentes com flúor. Em determinados casos, também é adequada a aplicação de fluoreto por profissionais.

A doença periodontal

A doença periodontal afeta as gengivas e os tecidos de suporte dos dentes. Se for observada uma inflamação ou sangramento das gengivas durante a escovagem normal, o mais provável é estarmos perante um caso de gengivite que, se não for tratada, pode evoluir para periodontite, uma doença caracterizada por gengivas retraídas e falta de fixação dos dentes, o que implica a perda dos mesmos.

Para a prevenir, é necessário manter uma excelente higiene oral, evitar o consumo de tabaco e consultar periodicamente um dentista para que possa examinar o estado da nossa boca. É importante realizar uma boa limpeza profissional da cavidade oral, pelo menos, uma vez por ano.

A Síndrome de Boca Seca

A Síndrome de Boca Seca, também conhecida como xerostomia, é uma patologia que afeta 25% da população adulta. Esta patologia consiste na diminuição da secreção salivar devido à alteração das glândulas salivares que podem ser produzidas por: efeitos secundários de medicação, alterações psicológicas, tabaco, determinados medicamentos, radioterapia ou desidratação. A xerostomia representa um problema importante para a saúde, já que provoca inúmeras alterações orgânicas e múltiplas lesões orais que afetam a nossa qualidade de vida.

A eliminação dos fatores que diminuem a secreção salivar (álcool e tabaco), a estimulação da produção de saliva, a hidratação e a ingestão frequente de água ajudam a combater esta doença. Existem produtos especificamente concebidos para este tipo de alteração, como a marca KIN Hidrat: saliva artificial, gel bioadesivo ou pasta dentária, que ajudam a aliviar os sintomas de boca seca e a aumentar a qualidade de vida.

Como é que a alimentação influencia a saúde oral?

A nutrição desempenha um papel importante, não só para uma boa saúde no geral, mas também para o desenvolvimento e proteção da saúde oral e dentária. Ignorar os sintomas de doenças e problemas relacionados com a funcionalidade oral prejudica a nossa saúde.

A chave para uma boa nutrição não é evitar alguns alimentos, mas sim consumi-los com prudência. É fundamental seguir uma dieta equilibrada e evitar os petiscos entre refeições. Uma dieta equilibrada consiste na ingestão de uma grande variedade de alimentos de cada um dos cinco principais grupos:

  • Pão e cereais
  • Verduras
  • Frutas
  • Carnes, aves e peixes
  • Leite e derivados lácteos

Se petiscarmos entre refeições, é importante comer alimentos que não contenham açúcares livres em excesso, uma vez que são os mais prejudiciais para os nossos dentes. Em vez disso, devemos escolher alimentos nutritivos, como queijo, frutos secos, vegetais crus ou fruta.

Os produtos orais da Laboratorios KIN contêm derivados lácteos (lactose, proteínas de leite de vaca ou derivados)?

Não. Os produtos orais da Laboratorios KIN, incluindo os que se destinam a crianças e jovens, não contêm leite nem nenhum tipo de derivado lácteo.

Os produtos orais da Laboratorios KIN são adequados para utilização durante a gravidez?

Sim. Geralmente, as pastas de dentes e os colutórios podem ser utilizados sem problemas durante a gravidez, desde que sejam utilizados para a sua finalidade prevista e de acordo com o modo de utilização descrito nos rótulos.

Nesse sentido, a pasta dentífrica e o colutório GingiKIN B5 são vivamente recomendados para a manutenção das gengivas e para a prevenção de problemas orais durante a gestação. Em qualquer caso, durante a gravidez, convém consultar sempre o médico ou o dentista para um melhor acompanhamento do tratamento.

Em que circunstâncias posso fazer um branqueamento dentário?

A perda da cor natural devido à idade, a cor amarelada devido a maus hábitos, como o tabaco, a cor escura da dentição, a mudança da coloração devido a patologias concretas alheias à higiene oral ou os hábitos alimentares são alguns dos motivos para a realização de um branqueamento dentário.

Nunca deve fazer um tratamento de branqueamento dentário, como utilizar uma pasta dentífrica branqueadora, sem antes consultar o seu dentista, muito menos nos casos de menores de 12 anos, se estiver grávida ou se tiver cáries ou outra patologia oral.

Display None
Os produtos orais do Laboratorios KIN contêm glúten?

Não. Os produtos orais da Laboratorios KIN não contêm glúten, pelo que as pessoas com doença celíaca podem utilizá-los com toda a tranquilidade.

Qual é a melhor forma de cuidar dos nossos dentes?

A chave para manter os dentes saudáveis durante toda a vida adulta e evitar dores ou tratamentos dentários no futuro é realizar uma correta higiene oral, que deve incluir:

  • Escovar os dentes três vezes por dia, depois de cada refeição – sendo imprescindível antes de ir dormir e depois de se levantar de manhã – e sempre com uma pasta de dentes com flúor.
  • A utilização das escovas interdentárias ou do fio dentário depois da escovagem diária ajuda a eliminar a placa bacteriana e a que o tártaro dentário apareça mais tarde.
  • A utilização de colutório depois de cada escovagem. Os colutórios constituem uma ajuda importante para manter uma boa saúde oral e evitar patologias e infeções, assim como para minimizar problemas como a halitose, ou mau hálito, que afeta uma grande parte da população.
A Laboratorios KIN realiza testes com animais?

Não. Felizmente, o enquadramento legislativo europeu proíbe a utilização de animais nos estudos de segurança e eficácia dos produtos cosméticos, assim como dos ingredientes que os compõem.

A avaliação da segurança e eficácia dos produtos da Laboratorios KIN, tanto atuais como em desenvolvimento, é efetuada através de métodos alternativos à utilização de animais.

O que significa a legenda "0% Álcool" no rótulo dos produtos?

A legenda “0% Álcool” que consta dos rótulos de alguns produtos, como o colutório PerioKIN sem álcool, indica que esses produtos não foram formulados com etanol (álcool etílico).

Os produtos da Laboratorios KIN são adequados para diabéticos?

Os produtos orais da Laboratorios KIN não contêm açúcar, pelo que a sua ingestão acidental não teria qualquer repercussão nos consumidores diabéticos.

Os produtos da Laboratorios KIN contêm ingredientes de origem animal?

Não. Os produtos da Laboratorios KIN não estão formulados com ingredientes de origem animal, pelo que podem ser consumidos com toda a tranquilidade por pessoas veganas ou vegetarianas.

Porque é que os produtos orais da Laboratorios KIN contêm parabenos?

Os produtos de aplicação na cavidade oral devem ser seguros e não podem, em circunstância alguma, apresentar contaminação microbiológica. Neste sentido, a Laboratorios KIN considera que os parabenos são os conservantes adequados pela sua eficácia comprovada e pelo seu longo historial de segurança e inocuidade. É por isso que os adiciona aos seus produtos com o objetivo de impedir o desenvolvimento de microrganismos patogénicos, que constituem um potencial risco para o consumidor.

Atualmente, não existem outras substâncias com o mesmo perfil de segurança e com uma eficácia conservante comparável à dos parabenos.

Embora determinados critérios comerciais que, de forma tendenciosa e em violação da regulamentação comunitária em vigor*, rotulem muitos produtos como “sem parabenos” com o intuito de dar a entender que são ingredientes nocivos ou artificiais, a verdade é que os parabenos são muito seguros e encontram-se naturalmente na cevada, nos morangos, nos pêssegos e nas cenouras, entre outros alimentos.

* Regulamento (UE) n.º 655/2013, relativamente aos critérios comuns que as reivindicações utilizadas devem cumprir nos produtos cosméticos.