Dicas para ajudar as crianças a perderem o medo de ir ao dentista

medo de crianças dentista

Também conhecida como odontopobia, o medo de ir ao dentista é uma atitude que as crianças aprendem com os adultos durante toda a sua infância. Inexplicavelmente, muitas crianças sentem uma grande ansiedade quando vão ao consultório do dentista pela primeira vez, sem que estes sentimentos tenham qualquer fundamento de facto.

No entanto, todos nós sabemos que um exame de saúde oral regular é essencial em qualquer idade, especialmente em crianças cujos dentes ainda estão em desenvolvimento. Por esta razão, é importante ajudar as crianças a superar o medo de ir ao dentista, evitando que elas vivam este momento como uma experiência desagradável.

Porque é que as crianças têm medo de ir ao dentista?

Às vezes ir ao dentista pode ser um pouco desconfortável. É normal que algumas crianças se sintam nervosas por se sentarem na cadeira do dentista, mas os pacientes mais jovens são normalmente os mais bem comportados quando se trata de visitar o dentista.

Então, qual é a razão pela qual as crianças têm medo do dentista? Estas podem ser muito variadas, entre as mais comuns são as seguintes:

  • Omedo do desconhecido. Quando as crianças visitam um novo lugar onde não sabem o que lhes vai acontecer, podem sentir-se nervosas como um sinal de perigo.
  • O medo dos pais. Sem perceberem, os adultos passam o medo do dentista para os filhos. É essencial que os adultos que têm medo de ir ao consultório do dentista não o mostrem na frente dos filhos.
  • Medo da dor. As crianças que passaram por uma situação traumática no passado associam uma visita ao dentista com dor. No entanto, os tratamentos infantis são geralmente mais simples e sem dor, e não é comum que as crianças se lembrem disso como uma coisa má.

Que problemas surgem do medo que as crianças têm de ir ao dentista?

O medo das crianças de irem ao dentista pode tornar-se um verdadeiro problema de saúde para elas. Não ir regularmente aos check-ups dentários pode representar um risco para os membros mais jovens da família.

Apenas um profissional qualificado pode detectar a tempo problemas graves de saúde oral em crianças, tais como doenças periodontais, ou malformações nos dentes de bebé ou a substituição dos dentes permanentes.

Quanto mais cedo as crianças aprenderem a cuidar adequadamente dos seus dentes e gengivas, melhor será a qualidade da saúde dentária de que irão desfrutar como adultos.

O que os pais podem fazer para ajudar as crianças a superar o medo de ir ao dentista? É tão simples como acompanhá-los e dar-lhes apoio durante todo o processo, tornando-os participantes em todos os momentos do que acontece dentro do consultório do dentista.

Informe-o sobre os procedimentos

Qualquer que seja a idade do seu filho, explique sempre que tipo de procedimentos o dentista irá realizar em cada visita. Quer se trate de um simples check-up, preenchimento, remoção de um dente ou a adaptação da Ortodontia. As crianças ficarão mais calmas se souberem todo o processo e que instrumentos serão usados para isso.

Encoraje o seu filho a fazer perguntas ao dentista.

Os pais nem sempre têm as respostas para as muitas perguntas que as crianças têm. Deixe isso nas mãos de quem melhor sabe; encoraje os seus pequenos a perguntar ao dentista tudo o que eles querem saber. Desta forma, eles se sentirão muito mais confiantes, estabelecendo uma relação mais próxima com o profissional que irá atendê-los.

Prática de técnicas de relaxamento

Sentar-se durante alguns longos minutos na estranha cadeira do dentista não é agradável para nenhuma criança. Especialmente se são crianças bastante activas que não conseguem ficar quietas durante longos períodos de tempo, ajuda a praticar técnicas de relaxamento antes e durante a consulta.

Mantenha o seu filho entretido

Há também minutos intermináveis na sala de espera antes de ir ao dentista. Nos escritórios das crianças, as salas de espera têm muitas vezes brinquedos e livros para manter as crianças entretidas. Se este não for o caso com o seu dentista, traga um brinquedo para manter a mente do seu filho ocupada antes de entrar.

Escolha um horário adequado

A escolha do tempo para ir ao dentista influencia o nível de ansiedade sofrido pelos adultos, imagine no caso de crianças! Por esta razão, é melhor evitar aquelas horas em que as crianças estão mais inquietas, ou excessivamente cansadas, para que os mais pequenos possam lidar muito melhor.

Se possível, os especialistas recomendam levar as crianças ao consultório do dentista pela manhã. A primeira coisa pela manhã ou logo após as aulas são os melhores momentos para as crianças estarem de melhor humor.

Não devemos esquecer que os cuidados de saúde bucal começam nas crianças com a erupção dos primeiros dentes de leite, e que o papel do dentista é essencial durante toda a sua vida. Evite que o medo das crianças de ir ao dentista seja um problema para que os seus filhos aprendam a cuidar bem dos seus dentes.

BIBLIOGRAFIA

Gostou deste artigo?
Avalie-nos

(Votos: 0 Média: 0)

0 comentários

Envie um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

PRODUTOS RECOMENDADOS
FLUORKIN CRIANÇAS DE DENTOS
Ver produto
FlúorKin Cálcio 75ml
FLUORKIN CALCIUM Pasta Dental
Ver produto
Flúor KIN Junior Anticaries 75ml
FLUORKIN JUNIOR Pasta Dental
Ver produto