Porque é importante realizar uma consulta pelo menos uma vez por ano?

porquê ir ao dentista uma vez por ano

Visitar o dentista é uma prática essencial para a manutenção de uma boa saúde oral. A melhor maneira de prevenir complicações e evitar ter de recorrer a tratamentos invasivos é detectar o problema a tempo, colocando-se nas mãos de um profissional qualificado.

Com que frequência devemos visitar o dentista? Qual é a frequência adequada para crianças e adultos? Quais são as patologias orais que são mais frequentemente detectadas nos exames dentários de rotina? Respondemos a todas estas perguntas para o ajudar a seguir bons hábitos de saúde.

Porquê dirigir-se ao dentista?

A boca é uma das principais barreiras protectoras para a saúde de todo o organismo. Se não for seguido o devido cuidado, o que começa como uma patologia na boca pode evoluir para problemas muito mais graves.

Os pacientes vão normalmente ao dentista quando sentem dor ou quando há uma complicação na cavidade oral. No entanto, consultas regulares ajudam a fazer um diagnóstico precoce, poupando aos pacientes um grande desconforto e também dinheiro.

A recomendação geral é de visitar o dentista uma vez cada seis meses. Este hábito é essencial para crianças, jovens e adultos mais velhos, combinado com uma boa rotina de higiene oral.

No entanto, em indivíduos de baixo risco, as visitas ao dentista podem ser espaçadas um pouco mais longe. Com um controlo preventivo anual é possível detectar vários problemas que são típicos para a maioria da população.

Que problemas podem ser detectados no dentista?

Ir ao dentista não é confortável para muitas pessoas. A boca é uma parte muito delicada do corpo, e os tratamentos dentários não são os mais agradáveis, mas os benefícios de ir ao dentista ultrapassam isso regularmente.

Não há ninguém melhor do que uma pessoa qualificada capaz de detectar qualquer problema de saúde na sua fase inicial, dando conselhos personalizados. Além disso, a detecção precoce de doenças permitirá ao dentista realizar tratamentos mais simples e menos invasivos que melhorarão a experiência do doente no consultório do dentista.

Detecção precoce de problemas orais

O estado das gengivas está intimamente relacionado com a saúde geral. Para detectar condições tais como gengivas a sangrar, ou cavidades incipientes, não há nada melhor do que um controlo completo da boca.

Quanto mais cedo for encontrada uma solução para estas patologias comuns, melhores serão os resultados para o doente. Desde a limpeza regular do tártaro, a detecção de cáries, gengivite, até à formação de úlceras afetas na mucosa oral, podem ser facilmente resolvidas se forem tratadas com antecedência.

Aquisição de bons hábitos de higiene

Sabe se está a seguir uma boa higiene oral? Os dentistas e higienistas dentários são especialistas em detectar se os seus pacientes estão a utilizar os acessórios de limpeza dentária adequados e a empregar as técnicas correctas. Quando a pressão de escovagem é demasiado forte, ou se a higiene interdentária não está a ser feita correctamente, os profissionais da clínica dentária dar-lhe-ão orientações apropriadas.

A melhor maneira de explicar às crianças como escovar os dentes é deixá-las nas mãos de um especialista. Adquirir bons hábitos de higiene é essencial para cuidar da boca, a começar pelo aparecimento dos primeiros dentes.

Correcção da maloclusão

A melhoria da estética dentária tornou-se uma das práticas mais solicitadas no consultório do dentista. Quer se trate da correcção da posição dos dentes e da oclusão através da ortodontia, ou de uma cirurgia mais específica para corrigir deformidades dento-cranio-maxilo-faciais por meio de movimentos ósseos e maxilares, tudo tem uma solução na clínica dentária.

Monitorização do tratamento

Após o tratamento dentário, é essencial seguir os conselhos específicos de cuidados orais dados pelo especialista. O sucesso do tratamento e uma rápida recuperação podem depender disso.

Higiene oral

Uma visita ao dentista é a desculpa perfeita para uma limpeza anual. Mesmo com a higiene oral diária mais completa, a acumulação de tártaro é comum.

Com a simples remoção do tártaro é possível manter um sorriso mais branco e mais saudável, sem recorrer a tratamentos mais agressivos.

Com que frequência se deve dirigir ao dentista?

Idealmente, deveria visitar o dentista duas vezes por ano para uma melhor garantia de uma boca saudável. Em muitos casos, isto não é possível, por isso há pacientes que espaçam as suas visitas ao dentista por alguns meses.

A fim de fazer uma detecção precoce dos problemas orais mais comuns, é aconselhável visitar o dentista pelo menos uma vez por ano. É tempo de pôr de lado o seu medo do dentista e depositar a sua confiança num profissional qualificado, dedicando o tempo e os recursos necessários para proteger a saúde das suas gengivas e dentes.

BIBLIOGRAFIA

PRODUTOS RECOMENDADOS
CARIAX GENGIVAL / KIN GENGIVAL ENXÁGUE BUCAL
CARIAX GENGIVAL / KIN GENGIVAL enxágue bucal
Ver produto
GGKB5 COL 500ml
GINGIKIN B5 / KINB5 enxágue bucal
Ver produto
Kin Complexo Gengival 500ml
KIN COMPLEXO GENGIVAL enxágue bucal
Ver produto
porquê ir ao dentista uma vez por ano
Descubra o nosso

Leia mais